Ceagesp cria grupo para diagnóstico e proposta para adequar comércio

Ibrahort foi convidado para reunião para discutir modelo que pode ser adequado às outras culturas

O Ibrahort participou de reunião técnica idealizada pela Ceagesp, em São Paulo, para formação de grupo de trabalho que irá diagnosticar a situação da comercialização do mamão e propor formas para melhorar as condições de venda da fruta produzida no Brasil.

A demanda foi apresentada pela Brapex (Associação Brasileira de Produtores e Exportadores de Papaya), que representa 12 empresas exportadoras da fruta. A Ceagesp promoveu a reunião técnica, que contou com palestras da própria Brapex e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Ministério Público e permissionários.

A experiência do grupo de trabalho de diagnóstico pode ser replicada à diferentes culturas.

Os principais pontos abordados foram:

✅ Rastreabilidade

✅ Segurança do Alimento (Limite Máximo de Resíduo)

✅ Discussão de padronização de venda a granel

A superintendente federal de Agricultura em São Paulo, Andréa Moura, uma das participantes, ressaltou que a rastreabilidade dos produtos vegetais é prevista por lei e que o Ministério da Agricultura vai manter as fiscalizações.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp